logo str vazada1 

   Não fique só, fique sócio!

radioserranegra 104 logoooo vazada 

Inscrições no Prouni do segundo semestre começam nesta terça-feira

Novas-Regras-processo-seletivo-Prouni-02Começam na terça-feira (16) as inscrições para bolsas do Prouni (Programa Universidade para Todos) neste segundo semestre de 2015. O cronograma foi publicado no Diário Oficial da União. As inscrições no programa federal que oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior deverão ser feitas exclusivamente pela internet. O candidato precisa visitar o site do Prouni no período de 16 a 18 de junho.

Nesta edição, somente poderá se candidatar ao processo seletivo do Prouni o candidato que tiver feito o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2014, obtido nota maior de 450 pontos e não tiver zerado a redação. O candidato também não pode ter concluído o ensino superior e deve atender a pelo menos uma das seguintes condições: tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública; tenha feito ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral; tenha cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada como bolsista integral; seja pessoa com deficiência; seja professor da rede pública de ensino em exercício.

O programa concede bolsas integrais apenas para candidatos com renda familiar bruta mensal per capita de até 1,5 salário-mínimo. Já as parciais são dadas no caso em que a renda familiar bruta mensal per capita não exceda o valor de 3 salários-mínimos.

A Voz do Campo/Ascom/Imagem ilustração

Sindicato dos Trabalhadores Rurais realiza Assembleia na próxima quarta-feira

Odirlei Magalhães Presidente do STRO presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Patrocínio, Odirlei Magalhães, com apoio de toda a sua diretoria, convoca todos os associados para participarem de Assembleia Geral Ordinária, quarta-feira da próxima semana dia, 17 de junho.

A primeira chamada com maioria legal acontece as 18:00 e as 19:00 horas em segunda chamada com qualquer número. A Assembléia acontece nas dependências da sede da entidade que será preparada para acomodar todos os associados “no gozo de seus direitos sindicais”, diz nota distribuída a imprensa.

Na oportunidade, serão discutidos vários assuntos, entre eles, a discussão e votação do balanço, relatório da diretoria e parecer do Conselho Fiscal referente ao exercício de 2014. Também em pauta a discussão e votação da proposta orçamentária do atual exercício e respectivo parecer do Conselho Fiscal.

Segundo informações do presidente Odirlei Magalhães, “o associado apto ao voto que se fizer presente na Assembleia terá direito a cinco cupons da campanha “Show de Prêmios 2015” que no dia 30 de dezembro desse ano vai distribuir mais de 30 mil reais em prêmios, durante evento que será realizado na Praça Santa Luzia, entre eles um veículo Pálio e uma moto 0 km.

Assessoria de Imprensa

Frente da Agropecuária avalia bem o Plano Safra

FOTO MARCOS MONTESBRASÍLIA - Considerando o quadro atual da economia do país, o Plano Safra para 2015/2016, anunciado na última terça-feira (02/6) foi positivo para o setor do agronegócio. A avaliação é do deputado federal Marcos Montes (foto), presidente da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA). “Claro que o setor precisa de mais do que isso, mas eu esperava algo pior diante do quadro que o país vive. Foi além da nossa expectativa”, avaliou o parlamentar. Na avaliação do presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, o Plano Safra é um reconhecimento à importância do setor agropecuário para a economia brasileira. “O governo tem que ir no viés da tecnologia, do investimento e deixar a atividade privada agir”, disse.


O Plano Safra 2015/2016 prevê R$ 187,7 bilhões para o financiamento da produção agropecuária, valor 20% maior que o anunciado para a safra atual (R$ 156,1 bilhões). Segundo Marcos Montes, as taxas de juros, maiores em relação ao ano anterior, ficaram dentro do esperado. “O mais importante era ter o recurso para o crédito”, acrescentou. Marcos Montes minimizou eventuais preocupações relacionadas ao seguro rural. O Plano Safra prevê R$ 668 milhões, mas ainda há pendências do ano passado, que somam R$ 300 milhões. “Vai ter que consertar o que ficou para trás, mas isso já está delineado. Vai cair o orçamento em relação ao anunciado, mas vai ter crédito suplementar para legalizarmos no correr do ano”, disse. Apesar dos elogios ao Plano Safra 2015/3016, Marcos Montes defendeu que seja feito um planejamento plurianual do financiamento da produção agrícola no Brasil.

Reconhecimento

Por meio de nota oficial, a Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS) avaliou que o aumento no volume de recursos é um reconhecimento da eficiência do setor agropecuário. “Não adianta colocar o pé no freio em uma atividade que está andando bem”, disse o presidente da entidade, Paulo Pires, lembrando que o PIB da Agropecuária cresceu 4,7% no primeiro trimestre do ano em relação ao quarto trimestre de 2014. Na avaliação da entidade, mesmo com o aumento das taxas de juros, o produtor deve buscar os recursos “dentro dos seus limites”. "De uma forma geral já era previsto este aumento de juros, mas o produtor, com a elevação dos custos de produção, terá um pouco mais de cautela", analisa.

Recurso insuficiente

Para a Federação da Agricultura e Pecuária do Paraná (Faep), o aumento no montante de recursos para a próxima safra não será suficiente para compensar a alta nos custos de plantio. Isso porque o valor a ser liberado a juros controlados será somente 7,5% maior que no ciclo anterior, enquanto que os custos serão ao menos 15% superiores aos de 2014/2015. “Nesse aumento que o ministério fala de 20% dos recursos totais estão embutidos ali os juros livres, que custarão caro para os produtores. Os agentes financeiros estão cobrando de 17% a 21%, dependendo da negociação com cada cliente”, afirma Pedro Loyola, economista da entidade.

O novo plano prevê liberação de R$ 94,5 bilhões para a nova safra, mas, de acordo com Loyola, seriam necessários ao menos R$ 102,2 bilhões em custeio controlao para fazer “a mesma safra do ano passado”. Loyola lembrou que somente os custos com fertilizantes subiram 30% para alguns compostos, os de defensivos, 5%; o óleo diesel, 10,9%, sem considerar aumento da mão-de-obra.

A Faep elaborou um estudo mostrando o impacto que os novos juros do plano safra terão ao bolso do setor produtivo. Segundo a entidade, os produtores pagarão de juros R$ 1,8 bilhão a mais em relação à safra passada. "A maior preocupação que se coloca é se os produtores realmente terão acesso aos recursos controlados ou se necessitarão financiar uma parte maior da safra com os recursos livres", diz um trecho do estudo.

G1/Globo Rural/AssessoriaSTR

Comissão de Assuntos Fundiários da CNA busca garantir mais crédito aos produtores

reuniao webconferencia 02Brasília - Em videoconferência com quase todas as Federações de Agricultura dos Estados, o Presidente da Comissão de Assuntos Fundiários da CNA, Paulo Ricardo Dias (foto), anunciou nessa terça-feira (02) de junho, que está trabalhando para facilitar a emissão do Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR) . “Apesar de o INCRA estar emitindo aproximadamente 9 mil CCIRs por dia, em todo o Brasil, os produtores rurais de alguns Estados ainda estão enfrentando dificuldades em conseguir o certificado e, por consequência, o financiamento agropecuário”, declarou.

O Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR) é um importante documento emitido pelo INCRA - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, que constitui prova do cadastro do imóvel rural, sendo indispensável para desmembrar, arrendar, hipotecar, vender e para concessão de crédito agrícola, exigido por bancos e agentes financeiros.

A FAEMG, FAMATO e FARSUL já encaminharam, ao INCRA, Nota Técnica sobre os pontos críticos enfrentados pelos produtores rurais com relação ao CCIR e também com relação ao Cadastro Ambiental Rural - CAR. “Tivemos uma reunião com o INCRA no dia 26 de maio e eles estão receptivos para solucionar os problemas”, explicou Anaximandro Almeida, coordenador de Assuntos Estratégicos da Superintendência Técnica da CNA. Segundo Anaximandro, a videoconferência realizada ontem vai mobilizar as federações que ainda não entregaram sua lista de dificuldades com relação ao novo Sistema Nacional de Cadastro Rural. “Queremos ajudar o produtor a manter a regularidade de sua propriedade e também garantir que ele consiga crédito no momento de plantar e colher. Trabalhamos para isso”, declara o coordenador.

Outros assuntos da pauta

O coordenador de Assuntos Estratégicos da Superintendência Técnica da CNA, Anaximandro Almeida, destacou a importância da Instrução Normativa da Receita Federal (RFB) nº 1.562, de 29 de abril de 2015, que disciplina o fornecimento de informações sobre o Valor da Terra Nua (VTN) pelos municípios e Distrito Federal à Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB), para fins de apuração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR). Informou, ainda, que a edição da Instrução Normativa da RFB nº 1.562/2015 é um avanço, pois deverá minimizar ou coibir o repasse pelas prefeituras de informações sobre o Valor de Terra Nua (VTN) arbitrários, destituídos de qualquer fundamentação técnica ou científica.

AssessoriaSTR/CNA

 

SORTEIO DE DIA DAS MÃES!

A mãe que está muito feliz neste momento e a Sr.ª. Luciana Fátima de Castro Silva, esposa do associado do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Patrocínio, Sr. Luís Carlos Divino Silva, que acaba de receber de nossas mãos uma TV  led de 32 polegadas.

Associado que além de usufruir de todos os benefícios que o Sindicato oferece, adquire produtos de alta qualidade que são oferecidos pelo Supermercado, ainda participa do show de prêmios que sempre acontece no Supermercado.

Assembleia apoia Projetos da Diretoria do STR Patrocínio

Aconteceu na quarta feira dia 11 de março na Sede do Sindicato dos Contabilistas, a primeira assembleia geral extraordinária do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Patrocínio do ano de 2015.

Sob a responsabilidade do Presidente: Odirlei Magalhães , toda diretória e conselho fiscal presentes, e inúmeros associados.

Foi levado em apreciação, discussão e aprovação a programação de sorteios deste ano de 2015, que será:- Um veículo popular, zero km, ano 2015 e
Uma moto Honda 125ano 2015 zero km.

Outro assunto importante apreciado, discutido, votado e aprovado.

- A diretória a partir de agora está autorizada a adquirir um novo terreno mais amplo para futuras instalações do Supermercado do Sindicato.

O Presidente Odirlei Magalhães se disse contente com a presença e participação dos associados na Assembleia e com a confiança depositada na diretoria para que a mesma possa dar continuidade ao projetos da entidade e principalmente ao Projeto de construção de uma nova sede para o Supermercado do Sindicato.

 

Diretores do STR Patrocínio Participam de Evento da FETAEMG na Capital Mineira

evento fetaemg

O Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Patrocínio Odirlei Magalhães e o Secretário Joel Carvalho estiveram em BH nos dias 18 e 19 de março participando do Encontro Estadual de Política Agrícola e Cooperativismo promovido pela FETAEMG Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais com o Tema Agricultura Familiar; Alimentando o Presente, Garantindo o Futuro.

O Evento aconteceu no SESC VENDA NOVA onde foram recebidos mais de 300 dirigentes sindicais de todo o Estado.

Os Diretores Odirlei e Joel destacaram a importância desses encontros como ferramenta de troca de experiências e absorção de conhecimentos das ações dos atores tanto sindicais quanto governamentais.

O presidente do STR aproveitou a oportunidade para parabenizar a direção da FETAEMG pela organização do evento. 

Entrega da Bicicleta Campanha Volta as Aulas 2015

entrega bicicleta 2015 edit

Entrega nessa segunda feira na sede do STR da bicicleta da Campanha volta as aulas do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Patrocínio. A ganhadora foi a Associada, Senhora Maria Lúcia dos Anjos. O Prêmio foi sorteado entre os muitos associados que retiraram o kit escolar que é distribuído todos os anos pelo STR de Patrocínio como forma de incentivar os estudos dos próprios associados e de seus dependentes. Foto: Consuelo da EMATER, Esdras diretora do STR, Dona Maria Lúcia a ganhadora, Odirlei presidente do STR e Lucia Helena funcionária do STR Sede.

CCIR 2010-2014 já está disponível. faça sua emissão na sede do sindicato

  A partir desta segunda-feira (08), está disponível o Certificado de Cadastro de Imóveis Rurais (CCIR) para o período 2010 - 2014. Para que o documento seja validado, deverá ser efetuado o pagamento da taxa cadastral na rede de atendimento da Caixa Econômica Federal (CEF) de todo o País. 

  O CCIR, documento fornecido pelo Incra, constitui prova do cadastro do imóvel rural, sendo indispensável para desmembrar, arrendar, hipotecar, vender ou prometer em venda o imóvel rural e para homologação de partilha amigável ou judicial (sucessão causa mortis) de acordo com as leis Lei n.º 4.947/1966 e  Lei n.º 10.267/2001.

  As informações constantes do CCIR são exclusivamente cadastrais e, nos termos do parágrafo único do artigo 3.º da Lei n.º 5.868, de 12 de dezembro de 1972, “não fazem prova de propriedade ou de direitos a ela relativos”. A base do Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR) conta hoje com um total 5,7 milhões de imóveis rurais que estão obrigados a emitir o CCIR atualizado de seus imóveis rurais.

  A partir do presente exercício, o lançamento do CCIR passará a ser anual, com validade do Certificado para cada exercício. O CCIR 2015 já está programado para lançamento em setembro de 2015.

Conselho de Desenvolvimento Comunitário de São João da Serra Negra tem Projeto Selecionado em Programa Federal.

Saiu na ultima semana no sitio www.conab.gov.br o resultado do 2º Edital de cooperação BNDES/CONAB para fomento e apoio a associações comunitárias de todo o Brasil que atuam na promoção do desenvolvimento comunitário rural e que  operacionalizam o PAA Programa de Aquisição de Alimentos com Doação Simultânea do MDS Ministério do Desenvolvimento Social. O Conselho de Desenvolvimento Comunitário de São João da Serra Negra foi selecionado e receberá R$ 50.000,00 (cinqüenta mil reais) que serão usados na aquisição de 02 vagões basculantes para transporte de silagem e 01 ensiladeira – objetivo de ajudar a pecuária leiteira. 01 enxada rotativa encanteiradeira – objetivo de ajudar na produção hortigranjeira e 01 lâmina hidráulica de arrasto – objetivo de ajudar principalmente na conservação das estradas e na realização pequenos serviços de limpeza e terraplanagem. Importante reforço ferramental para aperfeiçoar a produção local.